Início Extremos das Américas Ep. #6 – México -Valle Del Vino- Juli Hirata

Ep. #6 – México -Valle Del Vino- Juli Hirata

83
0
COMPARTILHAR

Você nunca ouviu falar em Valle do Vinho no México?

Foto: Juli Hirata
Foto: Juli Hirata

Lugar cercado de montanhas rochosas cortadas por vinhedos onde Juli Hirata passou momentos incríveis .

Mas ainda tá desconfiado dessa história de “vinho mexicano”? Ok, vamos concordar aqui que o México é indiscutivelmente o país da tequila. Mas o vinho mexicano ao contrário do que possa parecer, não surgiu ontem e também tem muita história pra contar. Segundo o Atlas Mundial do Vinho:

“Graças aos colonizadores espanhóis, o México tem a indústria vinícola mais antiga do Novo Mundo, fundada nos anos 1530, quando o governador Hernan Cortes decretou que todos os fazendeiros plantassem dez videiras por anos por cada escravo índio que tivessem em suas propriedades.” (JOHNSON e ROBINSON, 2008)

Quase 500 anos depois, os produtores de vinho de Guadalupe vêm investindo em tecnologia e aprimoramento das técnicas para escrever uma história completamente nova, perfeita para ser vivida pelos amantes da bebida que desejam explorar novos sabores.

Valle de Guadalupe, Baja Califórnia, México
dicas de viagem para amantes de vinho
A uva italiana Nebbiolo se adaptou bem à Baja Califórnia

ENTRANDO NO MUSEU DO VINHO COM JULI HIRATA 

O museu do vinho fica localizado na Carretera Federal Tecate-Ensenada, em um bonito prédio de pedras, bem ao lado do Centro de Informações Turísticas. Ele conta a história do processo de fabricação do vinho em Baja Califórnia e pode ser interessante começar o seu recorrido pelo Valle partindo desse ponto.

dicas de viagem para amantes de vinho
Museo da Vid e el Vino
dicas de viagem para amantes de vinho
Informações turísticas: pegue um mapa do Valle e divirta-se!

 Visitando o valle com Juli Hirata

Fotos: Juli Hirata

Há duas horas de San Diego, nos Estados Unidos, o Valle de Guadalupe fica entre as cidades de Tecate (fronteira com os EUA) e Ensenada (no Pacífico). O clima seco, com calor durante o dia e temperaturas amenas à noite, é perfeito para a produção de vinhos. Graças à sua localização, o Valle recebe principalmente turistas americanos que atravessam a fronteira para aproveitar as belezas naturais de Baja Califórnia ao norte do México.

dicas de viagem para amantes de vinho
Valle de Guadalupe: bem na pontinha do México

QUANDO VISITAR?

Os meses de julho e agosto são considerados alta temporada no hemisfério norte, portanto, são mais procurados pelos turistas mexicanos, americanos e canadenses. Ainda assim o maior fluxo de pessoas se concentra aos finais de semana. Se você decidir ir em Agosto – que é quando ocorrem alguns festivais e eventos que celebram a colheita da uva – a vindima–, a dica é fazer a rota do vinho durante a semana.

O clima no verão é quente durante o dia, por volta dos 32ºC, e fresco durante a noite. Traga um chapéu e protetor solar para o dia, principalmente para fazer os recorridos nos vinhedos. Para a noite, deixe sempre um casaquinho à mão.

ONDE SE HOSPEDAR?

Bem, não vamos nos ater profundamente nesse quesito, mas vimos que é possível encontrar lugares para todos os bolsos no Valle. Outra opção é ficar hospedado na cidade de Ensenada, a 40 km, e vir fazer a Rota do Vinho durante o dia. O inconveniente é que certamente você virá para provar os vinhos, então pegar estrada não é muito recomendável, certo? Por isso o conselho é procurar um lugarzinho gostoso no Valle mesmo. Você degusta vinho durante o dia, janta num lugar legal à noite e descansa ali mesmo, sem se preocupar em dirigir longas distâncias. No dia seguinte, é só acordar cedinho e repetir a dose. Uma rápida pesquisa em sites especializados em hotéis e hospedagem pode garantir boas escolhas.

ONDE IR?

Ao todo estão catalogadas 116 vinícolas em todo Valle de Guadalupe, num roteiro de aproximadamente 60 km. Por Ensenda ou por Tecate o acesso é muito fácil, é só seguir pela Carretera Ensenada-Tecate que está bem sinalizado com placas indicativas da “Ruta del Viño” e com os nomes das principais vinícolas da região.

Algumas vinícolas possuem também hotéis e restaurantes e sua visita pode se orientar por esses fatores. Fique de olho nos dias e horários de atendimento e se é necessário fazer reserva para as degustações. Aos finais de semana recomendamos que você reserve tanto horários para degustação como para os restaurantes.

Outro detalhe importante: os mexicanos costumam comer tarde então pode ser que ao meio-dia o cardápio ainda seja o do café-da-manhã. O almoço, ou comida, com chamam geralmente, é servida pelas três da tarde, mas é possível encontrar lugares que já o estejam servindo por volta das 13 horas. A dica então é chegar para almoçar entre uma e duas das tarde quando os restaurantes não estão tão cheios.

Abaixo listamos algumas sugestões para você se divertir no Valle:

L.A CETTO

Estabelecida por imigrantes italianos em 1928, a vinícola L.A. Cetto foi a pioneira no ramo de vinho fino de mesa no México e é a maior produtora de vinho do país, presente em 27 países do mundo. Referência quando o assunto é vinho mexicano, na L.A. Cetto você poderá desfrutar de uma das melhores visitas guiadas do Valle. Um ótimo lugar para iniciar seu recorrido por Guadalupe e sentir o que é que o vinho mexicano tem.

Já na sala de degustação, prove o tinto Concordia da Linha Don Luis, uma mescla de 60% cabernet sauvignon e 40% shiraz. Para os amantes dos vinhos brancos, uma boa pedida é Chardonnay da Linha Reserva Privada. Se você procura por algo diferente, vá de Primavera, um Cabernet Sauvignon Rosé, bem fresco e suave. Notas de cereja, manteiga e morangos serão sentidos, respectivamente, em cada um dos vinhos acima.

Se quiser abastecer a adega, as garrafas tem valores que variam de 150 até 700 pesos mexicanos.

A vinícola está aberta todos os dias e recorridos pelas instalações e vinhedos acontecem das 10h às 18horas e a sugestão é que seja feita reserva antecipadamente através do site.

dicas de viagem para amantes de vinho
A sala de degustação e loja de souvenirs da L.A. Cetto
dicas de viagem para amantes de vinho
Espaço sombreado para relaxar depois de uma visita às instalações da vinícola
dicas de viagem para amantes de vinho
As barricas de carvalho da L.A.Cetto
dicas de viagem para amantes de vinho
Os rótulos da vinícola mais antiga do Vale

Website: https://www.lacetto.mx.
End.: Carretera Tecate Sausal Km. 63.5, Valle Guadalupe, 22750 Valle Guadalupe, B.C., México

LA CASA DE DOÑA LUPE

Dona Lupe é uma senhora mexicana que conta com 86 anos de idade, dos quais mais de 46 se dedica à produção de uva e há 30 à produção de vinho. Ela foi para Baja Califórnia de férias com vinte e dois anos, se apaixonou pelo lugar e nunca mais voltou.

É considerada a embaixadora dos vinhos orgânicos da região, o que garante o apreço dos visitantes por seu vinho de um lado, e a baixa produção do outro. Manter o vinhedo de forma orgânica é tarefa difícil, mas é a missão que ela tomou orgulhosamente para si há mais de 25 anos.

A produção não tem excedentes para vendas em mercados ou lojas especializadas, portanto, para conhecer o vinho da Dona Lupe é preciso visitar a sua casa, que abriga também restaurante e loja com uma variedade enorme de outros produtos.

Além dos vinhos, você pode levar pra casa geleias, patês, queijos, baunilha, doces, louças e dezena de produtos artesanais típicos do México.

A degustação de quatro de seus vinhos custa 60 pesos.  O lugar é não é sofisticado como outras vinícolas da região. O clima é mais familiar e descontraído. O restaurante tem um cardápio bem enxuto e simples, sem cozinha autoral por aqui. Pizzas agradam crianças e americanos. E aos finais de semana é possível provar barbacoa, carne de carneiro assada com folhas de maguey, como manda a tradição mexicana.

Dica: ser for degustar as geleias e os patês tome muito cuidado com os produtos que contêm chiles. O nível de “picor” é feito para agradar paladares mexicanos!

O acesso ao local se dá pela Carretera Ferela n. 3 e está aberto todos os dias, das 9h às 19horas. Aos domingos o restaurante lota, então é bom chegar cedo. Se você tiver sorte poderá encontrar Doña Lupe pelas instalações da vinícola e tirar uma foto com essa personagem que é super querida e famosa no Valle.

dicas de viagem para amantes de vinho
O cardápio de degustação na Casa Doña Lupe (os preços estão em pesos mexicanos)
dicas de viagem para amantes de vinho
Degustação em pequenas doses
dicas de viagem para amantes de vinho
Amplas instalações tanto indoor como ao ar livre

Website: https://www.lacasadonalupe.com/
End.: Parcela 72-92 Rancho La Gotita, S/n, Valle de Guadalupe, 22750 Ensenada, B.C., México

DECANTOS VINÍCOLA

Com apenas 3 anos de história recém completados, a Decantos é tudo aquilo que você pensa de uma vinícola imponente localizada no alto de uma montanha com vista para o Valle: bom serviço, boa comida e glamour.

Mulheres caminham com seus chapéus e vestidos esvoaçantes pelo gramado enquanto seus maridos erguem taças de vinho e contemplam a paisagem.

Recorridos pelas instalações desse elegante local acontecem todos os dias às 12h, 14h, 16h e 18h e duram aproximadamente 40 minutos. Os valores do tour podem variar de 100 pesos (sem degustação) até 700 pesos, incluindo recorrido com enólogo e degustação de vinhos da Linha Premium (nesse último caso é necessário fazer reserva antecipadamente).

Se for almoçar ou jantar no restaurante, a pedida é o Chicharrón de Pulpo (ou “torresmo de polvo”), tentáculos de polvo empanados e fritos servidos sobre uma cama de abacate laminado e salsa asiática da casa (230 pesos). Para harmonizar, o molho picante pede algo mais encorpado: vá de Tempranillo da Linha Reserva (490 pesos).

O restaurante e a vinícola estão abertos todos os dias, das 11h às 19h.

dicas de viagem para amantes de vinho
Vista do deck do restaurante da Decantos
Provando o Mundo!
dicas de viagem para amantes de vinho
“Torresmo de Polvo”: harmonize com um tinto!

Website: https://decantosvinicola.com/
End.: Rancho San Miguel Fraccion A, S/N, Ejido El Porvenir, 22755 Ensenada, B.C., México

HACIENDA GUADALUPE

O negócio familiar do casal de empreendedores Gabriela e Carlos Sanchez foi tomando corpo e, hoje, a Fazenda Guadalupe, que começou como um Hotel, conta também com um belo restaurante e uma vinícola em fase final de construção. Degustações acontecem todos os dias.

Reservar é aconselhável, principalmente para o almoço e jantar. Os pratos são bem servidos e o que sai da cozinha tem uma vertente bem saudável: praticamente nada é frito na cozinha que seguem as ordens da detalhista chef Gabriela. De prato forte, peça rib eye com purê e vegetais salteados (560 pesos), mas deixe espaço para a sobremesa. Eleja entre sorvete de pimenta rosa (65 pesos) colhida do jardim da hacienda e o brownie de chocolate com mole e frutas vermelhas (80 pesos). Se pedir o brownie, não esqueça de harmonizá-lo com o Rosé da casa, Gaby, 50% syrah & 50% grenache (260 pesos).

O restaurante assim como a vinícola fecham às terças-feiras (menos no mês de Agosto, quando abrem todos os dias). As degustações acontecem das 11h às 18h. O restaurante abre sempre às 8h para o café e fecha em horários diferentes conforme o dia da semana: nas segundas e quartas, às 17h; quintas e domingos, às 19h; sextas e sábados, até às 21h.

dicas de viagem para amantes de vinho
Chegue antes o pôr do sol para curtir uma das mais belas paisagens do Vale
dicas de viagem para amantes de vinho
Escolha entre o ambiente climatizado no interior ou a imensa varanda com vista

Website: https://haciendaguadalupe.com
End.: Km. 81.5, Carretera Tecate – Ensenada, Valle de Guadalupe, 22750 Ensenada, B.C., México

EMEVÉ

A vinícola Emevé tem uma produção de apenas 6 mil caixas por ano, pelo que se denominam Vinícola Boutique, mais enfocada na qualidade do que na quantidade.

Há dois anos a sala de degustação da casa passou por uma grande reforma e hoje tem um espaço bonito e moderno com toque de madeira e pedras para receber os visitantes com conforto. A fachada da vinícola é toda de vidro para poder apreciar os vinhedos enquanto rola a degustação.

Nossa sugestão é provar os monovarietais. Peça pelo cabernet sauvignon ou shiraz. Escolha uma das mesas que dão vista para as uvas e não tenha pressa. Deixe o vinho ganhar vida na taça e aprecie vagarosamente…sentindo as notas conforme a bebida vai respirando.

O chardonnay também merece uma tacinha já que é envelhecido em barricas húngaras, o que confere um sabor diferente a esta uva branca bem explorada em todo Valle de Guadalupe.

Se a sua intenção for harmonizar a bebida, saiba que não há restaurante na vinícola, mas alguns petiscos como amendoins, carne seca e torresmos estão à venda para quem curte comer algo enquanto bebe. Queijos e salames também podem ser degustados no local ou levados para casa.

A vinícola está aberta à degustação de terça à domingo, das 12 às 18 horas. Para fazer um tour pelos vinhedos e instalações da vinícola, entretanto, é preciso reservar com uma semana de antecipação. As visitas acontecem em torno das 9:30h da manhã e duram aproximadamente 30 minutos.

dicas de viagem para amantes de vinho
Sala de degustação com vista para os vinhedos
dicas de viagem para amantes de vinho
Queijos para acompanhar a degustação: leve um queijo com jalapeño para casa!
dicas de viagem para amantes de vinho
Shiraz: boa opção entre um branco e um cabernet
dicas de viagem para amantes de vinho
Barricas de madeira húngura são usadas no envelhecimento do chardonnay da casa

Website: https://vinicolaemeve.com
End.: Parcela 67, 22755 El Porvenir, B.C., México

LAS NUBES

Com dez anos de história, a Las Nubles conta com vinhedos mais antigos de outras cidades para elaborar seus vinhos reserva. Setenta por cento das uvas utilizadas são provenientes de vinhas com mais de 60 anos, garantindo um produto final de maior qualidade.

A casa conta com 10 rótulos, entre eles um branco e um rosé, que são uma boa pedida para os dias quentes e ensolarados que fazem no Valle. Se a ideia for provar um tinto, a garrafa Seleção de Barricas é perfeita para acompanhar os petiscos da casa.

Pra quem quer se aventurar no Nebbiolo mexicano, ocupe uma mesa de frente para o vinhedo e aprecie lentamente a vista e o vinho, que vai desenvolvendo aromas e sabores enquanto descansa na taça.

Durante a semana é possível fazer a degustação acompanhada de petiscos de queijo, pão e chocolate. Já nos finais de semana um chef convidado faz tapas espanholas para harmonizar com os vinhos.

A vinícola está com suas portas abertas à degustação das 11h até às 17h. Visitas guiadas são feitas apenas nos finais de semana, duas vezes ao dia, às 11h e às 14h. Nesses recorridos é possível fazer uma degustação às cegas ou diretamente das barricas de carvalho. Uma experiência bem especial. Na temporada, entre julho e setembro, é necessário agendar previamente o tour.

Já as degustações simples acontecem durante toda a semana e é possível escolher entre 3 tipos de degustação diferentes, cada uma com 4 vinhos.

Se quiser levar uma amostra pra casa, as garrafas variam entre 240 a 910 pesos mexicanos.

dicas de viagem para amantes de vinho
Nebbiolo: a uva símbolo do Valle de Guadalupe

 

dicas de viagem para amantes de vinho
Terraço amplo para acomodar os turistas que lotam a casa aos finais de semana
dicas de viagem para amantes de vinho
As opções de degustação, com ou sem aperitivos
dicas de viagem para amantes de vinho
Tábua de pães, queijos e chocolates para harmonizar com os vinhos da La Nubes.

ZOOLÓGICO PARQUE DEL NIÑO JERSEY

Há um zoológico no Valle também, bom para quem viaja com crianças. Se você ficar interessado, é possível saber mais através do website do Zoológico.

Website: https://www.facebook.com/zoologicojersey/
End.: Venustiano Carranza 777, Francisco Zarco, 22750 Valle de Guadalupe, B.C., México

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor coloque seu nome aqui